Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Maicon vê expulsão exagerada de Nem: 'Se não for para usar o braço, vá jogar vôlei'

Zagueiro vê atuação 'sem culhão' do árbitro, pedindo segundo amarelo também para jogadores do Corinthians

O Estado de S. Paulo

26 de março de 2017 | 18h31

O São Paulo terminou o clássico com o Corinthians, empatado em 1 a 1, com um jogador a menos. O atacante Wellington Nem foi expulso nos minutos finais do confronto pela 11ª rodada do Paulistão após um lance em que levantou o braço próximo ao rosto do volante Camacho durante uma disputa de bola, recebendo o segundo cartão amarelo do árbitro Vinícius Furlan.

O jogador havia, ainda, se envolvido em outros lances onde usou de força excessiva em divididas pelo chão, mas permaneceu em campo até os acréscimos da partida, quando foi expulso. Para o zagueiro Maicon, no entanto, a exclusão do atacante foi exagerada.

"Eu estava de longe, mas pelo meu ver o Wellington Nem não acertou o tapa no rosto do jogador, mas pode ter usado o braço sim, que jogador que não usa o braço? Se não for pra usar o braço, vai jogar vôlei, ou outro esporte, vai jogar tênis", afirmou o zagueiro à TV Globo, tentando fazer referência a esportes onde não há contato físico entre os adversários.

Capitão do São Paulo durante o empate da tarde deste domingo, Maicon mostrou incômodo com as decisões do árbitro. Para ele, os jogadores da defesa do Corinthians também mereciam ter levado o segundo cartão amarelo, mas para ele, o juiz não teve coragem de fazê-lo.

"O árbitro não teve culhão de advertir um jogador com o segundo amarelo em um lance do nosso contra-ataque. O Gabriel também estava com o cartão amarelo e fez três ou quatro faltas no Neílton onde ele entrou um pouco mais forte, o árbitro deu vantagem, e não teve coragem de dar o amarelo. E no final acabou expulsando um jogador. Isso não nos prejudicou para essa partida porque foi no final, mas prejudica para o próximo jogo", afirmou o zagueiro.

Ao final da partida, os jogadores do São Paulo ficaram insatisfeitos e foram na direção do árbitro para reclamar da expulsão de Wellington Nem. Na confusão, o volante Wellington, que ficou no banco durante os 90 minutos, levou cartão amarelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.