Maicosuel diz se sentir em 'dívida' com o Botafogo

O meia Maicosuel acertou sua volta ao Botafogo em julho, mas não conseguiu jogar nem dois meses, sofrendo uma grave contusão no joelho esquerdo no final de setembro. Por isso mesmo, ele acredita estar em dívida com o clube carioca e promete pagá-la quando se recuperar da cirurgia a que foi submetido.

AE, Agência Estado

29 de dezembro de 2010 | 17h06

Ídolo da torcida botafoguense, depois de boa passagem pelo clube em 2009, Maicosuel estava no Hoffenheim, da Alemanha, antes de voltar ao Botafogo em julho deste ano. "Vinha me adaptando bem ao futebol brasileiro, sonhando com a seleção, e infelizmente aconteceu aquela fatalidade. Sei que não tive culpa pelo que houve, mas, mesmo assim, me sinto em dívida com o Botafogo e com os torcedores", admitiu.

"Quero voltar bem, no melhor da minha condição, para retribuir o carinho deles e o esforço que o clube fez para me trazer de volta. Estou confiante que 2011 será um ano de alegrias para mim e para o Botafogo. Vou voltar com mais fome de bola do que nunca e vontade de recuperar o tempo perdido", disse Maicosuel.

A previsão é de que Maicosuel volte a jogar apenas em março, mas ele revela que a recuperação tem sido boa. "A recuperação está sendo melhor do que o esperado. Vou seguir me dedicando para voltar a jogar antes do prazo estimado. Temia pelo que viria pela frente após a cirurgia, mas meu corpo está dando uma resposta positiva ao tratamento. Isso tem me dado o combustível que preciso para seguir em frente", contou o meia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoMaicosuel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.