Ayrton Vignola/AE
Ayrton Vignola/AE

Maikon Leite ganha na CBF e vai processar ex-agentes

Agora ele pretende pedir a cassação da carteira de agente da Fifa dos antigos empresários

estadão.com.br

29 de agosto de 2011 | 19h20

SÃO PAULO - Depois de ganhar na Justiça um processo contra seus ex-agentes, o atacante Maikon Leite promete dar o troco. Ele vai entrar na Justiça comum exigindo reparos por perdas e danos morais.

Representado pelos advogados André Ribero e Breno Tanuri, ele também pedirá a cassação da carteira de agente da Fifa dos empresários Angelo Antônio Pimental e Mariana de Abreu Pimentel.

Os agentes reivindicavam uma participação como representante do jogador após a venda para o Palmeiras e pedima R$ 1 milhão de ressarcimento por causa disso.

Mas os auditores do Comitê de Resolução de Litígios da CBF deram ganho de causa ao atancate palmeirense por sete votos a zero e julgaram a ação dos empresários como improcedente.

Tudo o que sabemos sobre:
Maikon LeiteFifaprocessofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.