Mais 2 grupos movimentam Libertadores

A Copa Libertadores da América esquenta de vez, mesmo sem a estréia dos brasileiros. Os Grupos 7 e 8 serão abertos nesta quarta-feira, com os jogos entre Defensor e Olmedo e Deportivo Cali e Cobreloa. Para quinta, estão marcadas as partidas Cerro Porteño (Paraguai) x Sport Boys (Peru) pelo Grupo 2 e Nacional (Uruguai) x Jorge Wilstermann (Bolívia), pelo Grupo 3. Defensor (Uruguai) e Olmedo (Equador) são duas equipes sem grande tradição na América do Sul. Normalmente, seriam consideradas zebras, desde que tivessem em seu Grupo (7) rivais mais fortes. Mas foram beneficiados pela composição das chaves elaborada pela Confederação Sul-Americana de Futebol ao cair ao lado de São Caetano e Cruz Azul. O time brasileiro e o representante mexicano têm nível técnico razoável e podem dar oportunidade para os dois que estréiam nesta quarta-feira. O Deportivo Cáli desponta como um dos favoritos no Grupo 8. O clube colombiano disputou a final de 99 contra o Palmeiras e perdeu o título apenas nos pênaltis, no jogo disputado no Parque Antártica. O Cobreloa já participou da competição algumas vezes, decidiu um título com o Flamengo, no começo dos anos 80, mas há muito tempo é apenas figurante, mesmo no campeonato chileno. A chave tem o Boca Juniors como grande candidato, já que defende o titulo do ano passado. O Oriente Petrolero, da Bolívia, corre por fora. O jogo de Cáli começa às 22h45.Na rodada de terça-feira, três partidas foram disputadas. Em Guayaquil, no Equador, Emelec empatou com os paraguaios do Olimpia por 1 a 1. Em Assunção, o Guarani recebeu o equatoriano El Nacional e venceu por 3 a 1. E, em Montevidéu, o Peñarol foi derrotado pelo América de Cali (Colômbia) por 2 a 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.