Márcia Feitosa/Divulgação
Márcia Feitosa/Divulgação

Maldonado prevê final 'complicada' para o Flamengo

A dois dias da decisão da Taça Guanabara contra o Boavista, jogador chileno prega humildade

AE, Agência Estado

25 de fevereiro de 2011 | 11h15

Embora o Flamengo entre na final da Taça Guanabara, no próximo domingo, às 16 horas, contra o Boavista, no Engenhão, como franco favorito, o volante Maldonado acredita que o confronto promete ser muito duro para a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo. O jogador, que ainda está em fase de recuperação de uma lesão no tornozelo esquerdo, treinou entre os titulares na última quinta-feira e pregou humildade antes da decisão.

O jogador chileno preferiu não apontar como uma vantagem o fato de encarar uma equipe de investimento muito menor que o do Flamengo na final. "Às vezes (o favoritismo) pesa um pouco e às vezes é bom. Acho que o mais importante é saber que nosso time está numa fase de crescimento. A cada dia que passa, cada jogo, estamos mais concentrados. Isso pode fazer a diferença. Temos que entrar em campo tranquilos. Cada momento do jogo é importante. Já conhecemos o Boavista, que é muito bom. Sabemos que vai ser complicado", ressaltou o atleta.

Maldonado também mostrou preocupação com a postura que o time adotará em campo, lembrando que será necessário atacar de forma responsável, sem deixar a defesa tão exposta aos contra-ataques.

"Temos que prestar muita atenção e ter cuidado. O Boavista é rápido e sai muito bem nos contra-ataques. Vamos tomar as precauções necessárias para não passarmos por nenhum perigo. Até porque temos a responsabilidade de buscar o jogo. É uma característica do nosso time. Se tivermos com tudo encaixado, com os volantes fechando bem o meio, não vamos ficar expostos. Acho que dá para controlar", analisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.