Mali tropeça em casa e garante classificação da Argélia

Com oito pontos, Mali não tem mais chances de avançar nas Eliminatórias Africanas

AE, Agência Estado

16 de junho de 2013 | 17h08

BAMAKO - Mali tropeçou em casa, ao empatar por 2 a 2 com Benin, neste domingo, no encerramento da quinta rodada da segunda fase das Eliminatórias Africanas, e deu adeus às chances de classificação para a Copa de 2014. Com esse resultado, a seleção da Argélia, que tinha vencido Ruanda mais cedo, ficou com a vaga do Grupo H, avançando para a última etapa do torneio qualificatório da África.

Agora, faltando apenas uma rodada para o encerramento da segunda fase, a Argélia lidera o Grupo H com 12 pontos e não pode mais ser alcançada pelo segundo colocado Mali, que tem oito. Assim, avança como uma das 10 seleções que ficaram em primeiro lugar de suas chaves e que agora vão disputar confrontos eliminatórios para definir as cinco vagas africanas na Copa do Mundo no Brasil.

Além da Argélia, outros que se classificaram mais cedo foram Costa do Marfim, Etiópia e Egito. A Tunísia, por sua vez, tinha garantido vaga ainda no sábado, quando foi beneficiada pela vitória de Cabo Verde sobre Serra Leoa. Neste domingo, a seleção tunisiana entrou em campo e empatou fora de casa com Guiné Equatorial, por 1 a 1, chegando aos 11 pontos na liderança do Grupo B.

Ainda neste domingo, o Senegal assumiu a liderança do Grupo J, ao ganhar fora de casa da Libéria, por 2 a 0, e chegar aos nove pontos - tem um de vantagem sobre a segunda colocada Uganda, adiando a definição da vaga para a última rodada, em setembro. Em outro jogo do dia, Guiné derrotou Zimbábue por 2 a 0, mas não mudou a situação do Grupo G, que já tem o Egito classificado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa de 2014Eliminatórias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.