Manchester, Arsenal e Chelsea vencem na rodada do Inglês

O Manchester United continua naliderança do Campeonato Inglês após a vitória por 2 x 0 sobre oReading, neste sábado, com gols tardios de Wayne Rooney eCristiano Ronaldo. Entretanto, o Manchester não conseguiu abrir vantagem sobreo Arsenal, que tem o mesmo número de pontos que o United econtou com dois gols do atacante de Togo, Emmanuel Adebayor,para derrotar o Fulham por 3 x 0, em Craven Cottage. O terceiro colocado Chelsea também conseguiu uma vitória aobater o Birmingham City por 1 x 0, com um gol de cabeça deClaudio Pizarro. O time continua com quatro pontos atrás dosdois primeiros, que têm 54 pontos em 23 partidas. Há uma distância enorme para o quarto colocado Liverpool,que é um dos quatro clubes com 39 pontos. O time joga fora decasa contra o sexto colocado Aston Villa, na segunda-feira. Enquanto todos os três primeiros colocados venceram, todosos três últimos perderam. A derrota do Fulham aumentou bastanteas chances do time se juntar ao Derby County na zona derebaixamento. O lanterninha Derby saiu na frente do Portsmouth, mas ostrês gols de Benjani Mwaruwari acabou com as nove horas sem goldentro de casa e garantiu a vitória por 3 x 1. O Sunderland continua entre os três últimos depois daderrota por 2 x 0 para o Tottenham Hotspur, para quem RobbieKeane marcou seu 100 gol. Já o Middlesbrough empatou em 1 x 1com o Blackburn Rovers. GOLS TARDIOS O Manchester foi sufocado pelo Reading no primeiro jogo datemporada quando empataram em 0 x 0, em Old Trafford enovamente os gols estavam difíceis de sair, embora nãofaltassem chances. O artilheiro do país, Cristiano Ronaldo, desperdiçou váriasoportunidades para o Manchester, enquanto o Reading também tevechances, a melhor delas com Dave Kitson, que tocou por cima datrave quando avançou para o gol. Faltando 15 minutos para o final da partida, Rooney passoupela defesa e completou para o gol depois de receber passe deCarlos Tevez. Cristiano Ronaldo marcou já nos acréscimos eampliou para 17 seu número de gols no campeonato. "Nós nos mantivemos criando chances, mas você começa a sepreocupar se não consegue marcar o gol", disse Alex Ferguson,técnido do Manchester, ao programa de TV Sky Sports News. "Nósconseguimos o gol no momento certo e seguramos o resultado." Arsene Wenger, técnico do Arsenal, era um homem felizdepois que seu time teve uma boa exibição contra o Fulhamdepois de ter desperdiçado pontos contra o Birmingham em suaúltima partida. Dois gols de cabeça de Adebayor e um gol de Tomas Rosickydeixaram claro sua superioridade e deram a Wenger uma tarde sempreocupações. "Nós mantivemos o controle durante os 90 minutos, o jogosempre esteve em nossas mãos e isso graças ao espírito etalento dos jogadores", declarou Wenger ao programa Sky SportsNews.

MARTYN HERMAN, REUTERS

19 de janeiro de 2008 | 17h22

Tudo o que sabemos sobre:
INGLESMANCHESTERARSENAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.