Manchester City demite Hughes e contrata Mancini

Apesar da vitória sobre o Sunderland, time decidiu dispensar treinador que estava no cargo há 18 meses

AE, Agencia Estado

19 de dezembro de 2009 | 17h14

Apesar da vitória sobre o Sunderland, neste sábado, pelo Campeonato Inglês, a diretoria do Manchester City decidiu demitir o técnico Mark Hughes, que estava no cargo há 18 meses. Seu substituto será o italiano Roberto Mancini, ex-treinador da Inter de Milão.

VEJA TAMBÉM:
\"lista\" INGLÊS - Leia mais da competição
\"tabela\" INGLÊS - Tabela / Classificação
Com a vitória deste sábado, a equipe subiu duas posições na tabela, de oitavo para o sexto lugar. O resultado, porém, está aquém do esperado pela diretoria do clube. "Um retorno de duas vitórias em onze jogos no Campeonato Inglês não está, obviamente, de acordo com o alvo que determinamos", disse o presidente Khaldoon Al Mubarak.

Hughes estava com o cargo ameaçado desde junho do ano passado, quando o clube iniciou os investimentos pesados na formação do time. O Manchester City, que trouxe o brasileiro Robinho para a temporada passada, não conquista um grande título desde 1976.

Para a atual temporada, os investidores do clube aumentaram o aporte de recursos e chegaram aos US$ 328 milhões (cerca de R$ 585 milhões), somando a contratação de Robinho às chegadas de Carlitos Tevez, Gareth Barry, Adebayor, Toure, Roque Santa Cruz e Joleon Lescott.

Com a saída de Hughes, a direção do Manchester City aposta na experiência de Roberto Mancini. "Roberto tem uma trajetória recheada de troféus e campeonatos. O que está absolutamente claro é que Roberto acredita no potencial do Manchester para alcançar seu melhor nível e na sua própria capacidade de fazer isso acontecer", declarou Khaldoon Al Mubarak.

link Manchester United perde e líder Chelsea pode disparar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.