Manchester City descarta brasileiros e contrata Mark Hughes

Zico e Felipão eram cotados para dirigirem time inglês, que terminou em nono lugar no campeonato nacional

Agência Estado

04 de junho de 2008 | 10h11

O Manchester City anunciou nesta quarta-feira, a contratação de Mark Hughes, que estava no Blackburn Rovers, para o cargo de treinador do clube. Com o anúncio, o clube inglês encerra as especulações envolvendo os nomes dos brasileiros Zico e Luiz Felipe Scolari. Desde a saída do sueco Sven-Goran Eriksson do comando do clube, vários nomes foram cogitados para assumir o Manchester City. Luiz Felipe Scolari, que terá seu contrato encerrado com a seleção portuguesa após a Eurocopa, e Zico, que também não acertou a renovação com o Fenerbahçe, foram lembrados. Na última segunda-feira, o próprio Zico admitiu o interesse em deixar o clube turco para trabalhar no futebol inglês. Hughes, de 44 anos, assume o Manchester City após quatro temporadas à frente do Blackburn, que ficou em sétimo lugar no último Campeonato Inglês. O Manchester City, dos brasileiros Elano e Geovanni, ficou em nono, apesar dos investimentos do magnata tailandês Thaksin Shinawatra. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.