Manchester City deve multar Robinho por indisciplina

Por ter embarcado para o Brasil sem autorização, jogador pode ter mais de R$ 1 milhão de desconto no salário

AE, Agência Estado

21 de janeiro de 2009 | 19h18

A diretoria do Manchester City já decidiu que Robinho será multado por ter abandonado os treinos da equipe em Tenerife, na Espanha, para viajar ao Brasil. Só falta resolver se a punição será de 25% ou 50% do salário do atacante brasileiro.Pela legislação inglesa, a multa máxima permitida é de duas semanas do salário do jogador (os pagamentos são semanais no país). Robinho recebe 160 mil libras (R$ 528 mil) por semana e, portanto, terá um desconto igual a essa quantia ou, então, de 320 mil libras (R$ 1,056 milhão).O valor da multa não será divulgado pelo clube - provavelmente, o tamanho do prejuízo de Robinho dependerá da data de seu retorno. O Manchester City quer que ele embarque de volta nesta quinta-feira ou na sexta. Assim, chegaria a tempo de disputar a próxima partida do Campeonato Inglês, dia 28 de janeiro, contra o Newcastle.Robinho está no Brasil desde terça-feira. E sua única manifestação sobre o assunto foi através de um comunicado divulgado em seu site. Ele disse que no começo do mês havia recebido autorização do clube para viajar ao Brasil para resolver "um assunto de família" e que quando voltasse trataria de esclarecer a situação - mas não disse quando volta.O técnico Mark Hughes ficou furioso com a viagem de Robinho. Quando o atacante lhe disse que estava embarcando para o Brasil, o treinador do Manchester City falou que ele tinha de ficar com o elenco treinando em Tenerife e que não tinha sido informado pela diretoria de que estava autorizado a viajar. Mas o brasileiro não lhe deu bola, virou as costas e foi embora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.