Reuters
Reuters

Manchester City proíbe chuteiras coloridas nas categorias de base

Guardiola é conhecido por fazer exigências nos clubes que treina

O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2016 | 17h25

O Manchester City protocolou uma ordem inusitada para suas categorias de base. De agora em diante, os jogadores do time sub-18 só poderão usar chuteiras pretas. Os  jovens não poderão mais usar modelos coloridas. A informação é do jornal "Marchester Evening News".

O idealizador da ideia foi o chefe das categorias de base do clube, Jason Wilcox. Ele afirma que além de formar jogadores, é preciso educá-los. "Queremos as pessoas certas para representar o Manchester City. Não tem nada pior para mim do que ver um jogador de futebol de alto nível que não tenha modos ou respeito pelas pessoas."

Apesar de Wilcox dizer que a ideia na base partir dele, o City tem desde o começo da temporada um treinador que costuma impor regras aos jogadores, o que fez a imprensa inglesa ligar a proibição de chuteiras coloridas a Pep Guardiola. O espanhol, por exemplo, irritou o grupo ao cortar a internet da equipe principal.  

Desde a venda do clube para um grupo de investidores do Catar em 2008  - A equipe foi vendida novamente em 2015, para uma empresa chinesa -, o City vem investindo pesado nas suas categorias de base. As principais revelações até agora são Kelechi Iheanacho, Aleix García, Tosin Adarabioyo, Angelino, Pablo Maffeo e Angus Gunn.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.