Jason Cairnduff/Reuters
Jason Cairnduff/Reuters

Manchester City sofre, mas bate o Newcastle e volta a vencer no Inglês

Resultado levou a equipe a 10 pontos, atrás de Liverpool e Chlesea com 12

Estadão Conteúdo

01 Setembro 2018 | 17h04

O Manchester City se recuperou do tropeço na rodada anterior e voltou a vencer no Campeonato Inglês neste sábado, pela quarta rodada da competição. Em casa, a equipe precisou suar, mas derrotou o Newcastle por 2 a 1, com gols de Sterling e Walker. Yedlin marcou para os visitantes.

O resultado levou o City a 10 pontos, atrás somente de Liverpool e Chelsea, que têm 12 - Tottenham e Watford têm nove e ainda atuam na rodada. O City volta a campo apenas no dia 15, quando recebe o Fulham pela quinta rodada. Já o Newcastle tem somente um ponto, na 18.ª colocação, e tentará a recuperação contra o Arsenal, também no dia 15, em casa.

Diante de sua torcida e querendo deixar para trás a má impressão da rodada passada, o City foi para cima nos primeiros minutos deste sábado e demorou somente três minutos para criar sua primeira oportunidade. Mahrez recebeu na área pela direita, cortou para o meio e bateu para fora.

Quando a defesa do Newcastle errou quatro minutos mais tarde, no entanto, foi fatal. Lascelles falhou na saída de bola e entregou no pé de Mendy, que aproveitou e encontrou Sterling. O inglês cortou para o meio e bateu firme para vencer o goleiro Dubravka e abrir o placar.

O gol não mudou o panorama da partida, que seguiu com o City pressionando. Aos 15, Agüero tentou de fora da área e jogou rente à trave. Dois minutos mais tarde, Gabriel Jesus fez linda jogada, passou por dois marcadores e parou em Dubravka. O brasileiro ainda teve novo bom momento aos 26, mas não conseguiu finalizar em cheio o cruzamento de David Silva.

Se não conseguiu deixar sua marca na frente, Jesus errou no lance que gerou o gol do Newcastle. Aos 29 minutos, Rondon recebeu pela esquerda e esperou a chegada de Yedlin para dar passe perfeito, entre as pernas de Stones. O norte-americano aproveitou cochilo do brasileiro na marcação e chegou livre para igualar.

O gol abalou o City, que só levou perigo em mais uma oportunidade no primeiro tempo, novamente com Mahrez, que parou em Dubravka. Na volta do intervalo, porém, os donos da casa voltaram a ficar à frente. Logo aos seis minutos, Walker recebeu na intermediária e arriscou chute de longe, forte, no canto direito do goleiro.

O mesmo Walker, de falta, quase marcou mais um. Mas a grande chance do City viria aos 18 minutos. Agüero deu enfiada perfeita para Fernandinho, que exigiu grande defesa de Dubravka. No rebote, Sterling tentou e parou novamente no goleiro. E David Silva ainda teve uma terceira oportunidade, mas viu o eslovaco crescer mais uma vez.

O Newcastle tentou incomodar, mas parou na atuação segura da defesa do City. Nos acréscimos, os donos da casa ainda perderam uma última grande chance de marcar o terceiro. Agüero tentou driblar Dubravka, que ficou com a bola. Depois, jogou o rebote para fora.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.