Manchester City vence clássico e vai à final da Copa da Inglaterra

Com vitória de 1 a 0 sobre United, equipe de Tevez está a um jogo da taça de campeão do torneio

AE, Agência Estado

16 de abril de 2011 | 15h25

LONDRES - O Manchester City está a uma vitória de quebrar um jejum de 35 anos sem títulos. Neste sábado, em Wembley, venceu o rival United por 1 a 0 no jogo único da semifinal da Copa da Inglaterra e se classificou para a final, onde enfrentará o vencedor do confronto entre Stoke City e Bolton, que acontecerá neste domingo, no mesmo local.

A última vez que o City faturou um título de expressão foi em 1976, com a conquista da Copa da Liga Inglesa. Neste meio tempo, o mais longe que chegou foi à final da Copa da Inglaterra de 1981, a qual perdeu para o Tottenham.

O United, por sua vez, lamenta ter perdido a chance de conquistar uma rara tríplice coroa na temporada. O título do Campeonato Inglês está praticamente na mão, uma vez que o time de Manchester tem sete pontos de vantagem sobre o Arsenal na ponta da competição. Na Liga dos Campeões, disputa a semifinal contra o Schalke 04 tendo uma defesa que só levou três gols até aqui no torneio continental.

E foi exatamente a defesa que prejudicou o time de Alex Ferguson neste sábado. Sem Tevez, machucado, o City assustava pouco, mas, aos 7 minutos do segundo tempo, contou com a ajuda do adversário para abrir o placar. Primeiro foi Van der Sar quem saiu jogando errado e deu a bola de presente para os adversários. A zaga vermelha recuperou a posse, mas Carrick voltou a dar bobeira e permitiu que Yaya Touré desse o bote, passasse por Vidic e tocasse na saída do goleiro.

Sem Rooney e com o Chicharito Hernandez inicialmente no banco, o United tinha dificuldades em reagir e a situação ficou ainda pior aos 27 minutos, com a expulsão justa de Paul Scholes. Ao final, muita festa dos atletas do City, que debutava no novo estádio de Wembley com uma vitória sobre o maior rival.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.