Martin Rickett / AP
Martin Rickett / AP

De virada, Manchester United bate Fulham e retoma liderança do Inglês

Reds deixaram para trás o City, que chegou a ocupar a primeira colocação por poucos minutos

Redação, Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2021 | 17h32

Após passar as últimas 24 horas fora do topo do Campeonato Inglês, o Manchester United retomou a liderança da tabela em grande estilo nesta quarta-feira. Fora de casa, derrotou o Fulham por 2 a 1, de virada, desbancando o Leicester City e o Manchester City, que chegou a ocupar a primeira colocação por poucos minutos. Na ponta novamente, o time comandado por Ole Gunnar Solskjaer soma agora 40 pontos, dois a mais que os rivais. E seis acima do Liverpool, que jogará nesta quinta-feira e terá a chance de se reaproximar dos primeiros colocados. O atual campeão também figurou na ponta nas últimas semanas, numa alternância que não se via no Inglês nos últimos anos.

O Manchester City chegou a alcançar temporariamente a liderança do Campeonato Inglês nesta quarta-feira. O time comandado por Pep Guardiola derrotou o Aston Villa por 2 a 0, no Etihad Stadium, e emplacou a sexta vitória consecutiva.

Ganhando embalo na temporada, o City foi freado pelo time visitante nesta quarta. Os anfitriões dominaram as ações, como de costume, mas não conseguiram abrir o placar ao longo de 79 minutos. Foi quando a defesa do Aston Villa cometeu dois erros em série na defesa e o City soube se armar rapidamente, culminando em grande finalização de Bernardo Silva, de fora da área. Ele acertou o ângulo, em belo gol.

O time adversário, contudo, reclamou do lance, ao pedir impedimento de Rodri. Ele voltava da posição irregular quando deu a assistência para Silva. O técnico Dean Smith chegou a ser expulso do jogo em razão das reclamações, consideradas excessivas pela arbitragem.

O segundo gol do City veio quase nos acréscimos. Aos 44, Gabriel Jesus escorou cruzamento de cabeça e Matty Cash acertou a mão na bola dentro da área. Na cobrança da penalidade, Gündogan bateu no meio e converteu, confirmando a vitória dos favoritos.

Apesar da vitória e da posição favorável na tabela, Guardiola deixou o jogo preocupado. Kevin De Bruyne e Kyle Walker saíram de campo machucados e viraram dúvidas para a sequência do City no Inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.