Jason Caimduff/Reuters
Jason Caimduff/Reuters

Manchester City vence e se aproxima da vaga na Liga dos Campeões

Time se reabilita de tropeço e ganha do West Ham por 2 a 0

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2015 | 12h01

O Manchester City se reabilitou da derrota sofrida para o Manchester United na rodada passada e derrotou o West Ham por 2 a 0, neste domingo, em casa. Com o triunfo no Campeonato Inglês, o time anfitrião encostou no rival na classificação e ainda se aproximou da vaga na Liga dos Campeões.

Ao voltar a vencer, o Manchester City alcançou os 64 pontos, ficando a apenas um do United, derrotado pelo líder Chelsea no sábado. O City continua na quarta colocação. Já o West Ham estacionou nos 43 pontos, na décima colocação, sem chances de brigar por vaga nos torneios europeus.

Depois da dura derrota na rodada passada, o Manchester City sofreu pouco para voltar às vitórias. Aos 18 minutos, a equipe abriu o placar com uma ajuda da defesa dos visitantes. Após cruzamento da direita, Collins desviou na defesa e encobriu o goleiro Adrian. A bola ainda pegou no travessão antes de pingar dentro do gol.

O segundo gol veio ainda no primeiro tempo. Aos 36 minutos, Yaya Touré iniciou jogada com um carrinho, Jesús Navas fez a assistência e Sergio Agüero completou para as redes. Foi seu 20º gol no Inglês, isolando-se na liderança da artilharia - tem um gol a mais que e Diego Costa, do Chelsea, e Harry Kane, do Tottenham.

Na segunda etapa, sem gols, o susto no Manchester City não aconteceu na defesa. O meia David Silva levou uma cotovelada no rosto do volante Kouyaté e precisou de atendimento médico em campo. A partida foi paralisada por cerca de 10 minutos. O espanhol deixou o gramado na maca, acompanhado de um balão de oxigênio. Há suspeita de fratura no rosto. Exames devem ser realizados ainda neste domingo no hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.