Manchester United acusa Chelsea à Federação Inglesa

Clube de Manchester diz que jogadores do Chelsea começaram confusão após a partida pelo Campeonato Inglês

EFE

28 de abril de 2008 | 13h48

O Manchester United enviou um relatório à Federação Inglesa de Futebol (FA, em inglês) contando a briga com jogadores e outras pessoas ligadas ao Chelsea após a partida entre as duas equipes do último sábado, pelo Campeonato Inglês.A notícia foi confirmada pelo escocês Alex Ferguson, técnico da equipe. Com a derrota, o Manchester ganhou a companhia do Chelsea, com os mesmos 86 pontos, mas perdendo nos critérios de desempate. O incidente ocorreu após o apito final, quando pessoas ligadas ao Chelsea pediram aos jogadores Evra, Gary Neville, Park e Paul Scholes, do Manchester, que deixassem o campo - o que soou como provocação e deu início a toda a confusão.A federação pediu uma gravação dos incidentes ao Chelsea, já que o árbitro da partida estava nos vestiários no momento do incidente. Os jogadores do Manchester United acusaram os adversários de terem começado as provocações. Segundo o jornal The Guardian, o atacante argentino Carlos Tévez explicou que Evra foi insultado.Ele disse ainda que os jogadores do Manchester estarão dispostos a colaborar se for aberta uma investigação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.