Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Jason Caimduff/Reuters
Jason Caimduff/Reuters

Manchester United confirma rescisão de contrato com Ibrahimovic

Provável destino do atacante sueco deve ser o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos

Estadão Conteúdo

22 de março de 2018 | 15h26

O Manchester United informou nesta quinta-feira que o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, de 36 anos, está livre para acertar com outra equipe. Por meio de comunicado, o clube revelou que chegou a um acordo com o jogador para a rescisão do contrato, que se encerraria ao final desta temporada.

+ Confira a tabela do Campeonato Inglês

"A decisão tem caráter imediato", informou o clube na nota. "Todos no clube gostaríamos de agradecer o Zlatan pela contribuição que fez ao time desde a sua chegada e desejamos a ele tudo de bom no futuro."

Ibrahimovic utilizou o Instagram para se pronunciar sobre sua saída. "Coisas boas também acontecem no fim. Agora é hora de ir embora depois de duas fantásticas temporadas no Manchester United. Obrigado ao clube, aos torcedores, ao time, aos jogadores, à comissão técnica, e a todos que dividiram comigo essa parte da minha história. #parasemprevermelho."

Ibrahimovic sofreu com as lesões durante o período que esteve no Manchester United. Recentemente, se recuperou de um problema no joelho e não vinha tendo oportunidades de entrar em campo com o técnico José Mourinho. Na atual temporada, ele fez apenas sete jogos, o último em 26 de dezembro de 2017.

De acordo com a imprensa inglesa, o provável destino do atacante sueco deve ser o futebol dos Estados Unidos. Neste ano, ele já conversou com o Los Angeles Galaxy, ex-time de David Beckham.

O atacante deixa o Manchester United após duas temporadas. No total, disputou 53 partidas e marcou 29 gols. Um dos fatores que mais contribuiu para sua saída foi a lesão em abril de 2017, quando rompeu o ligamento cruzado anterior e posterior do joelho direito e precisou passar por cirurgia. Ficou sete meses fora de atividade e na volta pouco atuou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.