Jon Super/AP
Jon Super/AP

Manchester United decepciona e só empata com o Newcastle

Equipe perde os primeiros pontos no Inglês com 0 a 0 em casa

Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2015 | 11h04

Depois de duas vitórias por 1 a 0 nas duas primeiras partidas do Campeonato Inglês, o Manchester United decepcionou seu torcedor neste sábado e não passou de um empate diante do Newcastle em Old Trafford. A equipe voltou a não ser vazada, mas desta vez também não balançou a rede do rival e, por isso, ficou no 0 a 0 pela terceira rodada da competição.

O resultado levou o Manchester a sete pontos, na liderança provisória da tabela. Na quarta-feira, a equipe vai à Bélgica enfrentar o Brugge no jogo de volta dos playoffs para a Liga dos Campeões. O Newcastle, por sua vez, ainda não venceu no Inglês, tem dois pontos e tenta se recuperar contra o Arsenal no sábado que vem.

A escalação do Manchester teve uma grande novidade neste sábado: a estreia de Schweinsteiger como titular. Mas o alemão foi tímido na partida e pouco fez para tentar impedir o empate, sendo substituído logo no início do segundo tempo.

O time da casa tem a reclamar um gol mal anulado pela a arbitragem, que marcou impedimento de Rooney antes de o inglês balançar as redes logo no início. O primeiro tempo teve o Manchester pressionando, mas esbarrando na defesa adversária e, por isso, com muitas dificuldades de criar oportunidades. Pelo contrário, quem chegou mais perto foi o Newcastle, em cabeçada de Mitrovic que parou no travessão.

O segundo tempo seguia com o mesmo cenário até os minutos finais, quando os donos da casa foram para cima e exerceram intensa pressão. Chicharito Hernández e Valencia entraram no decorrer da partida e mudaram a cara do Manchester, mas ambos perderam chances incríveis, na frente de Krul.

Com o relógio se aproximando do fim, os anfitriões criaram uma série de oportunidades, como em chute da entrada da área de Carrick, já nos acréscimos, que passou raspando. A melhor das chances, no entanto, aconteceu com Smalling, que cabeceou na trave após escanteio da esquerda. No contra-ataque, o Manchester quase foi castigado por Cissé, que bateu com perigo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.