Reuters
Reuters

Schmeichel diz que 'adoraria Lloris' caso De Gea deixe o United

Ex-goleiro lamentou indefinição que vem se arrastando

Simon Jennings, REUTERS

11 de agosto de 2015 | 11h12

O ex-goleiro do Manchester United Peter Schmeichel criticou o clube pelo modo como tem conduzido a situação contratual de David de Gea, e aconselhou o time inglês a assinar com Hugo Lloris, do Tottenham Hotspur, caso o goleiro espanhol decida ir para o Real Madrid.

O técnico do Manchester United, Louis Van Gaal, deixou De Gea fora da estreia da equipe no Campeonato Inglês, contra o Spurs, e colocou em cheque o comprometimento do goleiro de 24 anos, após um período de especulação sobre seu futuro.

O Real Madrid está interessado em levar o espanhol para Bernabéu, mas o Manchester tem se recusado a negociar, a menos que o clube espanhol aceite a liberação do zagueiro Sergio Ramos. Van Gaal foi veemente no sábado ao afirmar que quer manter De Gea no Manchester United, mas Schmeichel disse que o goleiro deve ser liberado caso seja seu desejo.

“Eu gostaria muito que De Gea ficasse”, disse o ex-goleiro de 51 anos à rádio esportiva talkSPORT. “Mas se ele quer ir, deixem ele ir e deixem o Manchester United seguir em frente. É triste que isso se arraste para esta temporada”, acrescentou.

Schmeichel, que conquistou cinco títulos ingleses em sua passagem de oito anos por Old Trafford, disse que o Manchester encontraria uma substituição à altura no goleiro Lloris, capitão do Tottenham Hotspurs. “Se De Gea partir, eu adoraria que Lloris viesse para o Manchester United. Ele possui exatamente o estilo de jogo adequado e já demonstrou seu valor no Campeonato Inglês”, disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.