Manchester United é o clube mais rico do mundo, diz 'Forbes'

Time inglês vale 1,190 bilhão de libras, 331 milhões de libras acima do patrimônio do Real Madrid

EFE

22 de abril de 2010 | 10h02

O Manchester United foi considerado o clube de futebol mais rico do mundo pela revista Forbes, que avaliou a entidade em 1,190 bilhão de libras (1,374 bilhão de euros, ou R$ 3,2 bilhão), 383 milhões de euros (cerca de R$ 897 milhões) acima do patrimônio do Real Madrid.

Conforme a Forbes, o atual campeão da Premier League e segundo na classificação geral a três rodadas do fim do campeonato supera o clube espanhol, avaliado em 859 milhões de libras (991 milhões de euros, ou R$ 2,3 bilhões).

Para o cálculo foi levado em conta o dinheiro que o clube recebe: patrocínio, venda de ingressos e a comercialização de artigos esportivos.

No entanto, as estimativas da lista 'Money League', publicada todos os anos pela empresa contábil Deloitte, declararam o Real Madrid e o Barcelona como os mais ricos da Europa no início de março, ranking que a equipe de Florentino Pérez lidera pelo quinto ano consecutivo.

Agora uma nova classificação deixa o Real Madrid em segundo, à frente do Arsenal, cujo patrimônio foi avaliado pela Forbes em 767 milhões de libras (884 milhões de euros, ou R$ 2,1 bilhões), e do Barcelona, quarto classificado.

A lista da Forbes inclui 20 clubes de futebol, entre estes estão as seis equipes do Premier League e o Newcastle United, que agora está na segunda divisão inglesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.