KIRILL KUDRYAVTSEV
KIRILL KUDRYAVTSEV

Manchester United empata com CSKA; Wolfsburg lidera

Jovem Martial fez o gol dos ingleses em Moscou

Estadão Conteúdo

21 de outubro de 2015 | 18h53

O Manchester United voltou a tropeçar na Liga dos Campeões. Após reagir na competição, ao vencer o Wolfsburg na rodada passada, o time inglês sofreu para buscar o empate por 1 a 1 com o CSKA, em Moscou, nesta quarta-feira. Com o tropeço, o Wolfsburg assumiu a liderança do Grupo B, então embolado, ao vencer o PSV nesta mesma rodada.

O Wolfsburg, dos brasileiros Dante, Naldo e Luiz Gustavo, chegou aos seis pontos, contra quatro do Manchester United e do CSKA. O PSV segue com três, na quarta e última posição da chave.

Para o time alemão assegurar a liderança, o Manchester United deu preciosa contribuição em partida morna em Moscou. Jogando em casa, o CSKA começou melhor e, depois de uma boa chance de Tosic, para fora, abriu o placar aos 14 minutos em cobrança de pênalti. No lance que originou a penalidade, o brasileiro Mário Fernandes, ex-Grêmio, dividiu com Martial, que acertou a mão na bola dentro da área.

Na cobrança, Roman Eremenko bateu mal e o goleiro De Gea desviou. A bola carimbou a trave, voltou contra o corpo do goleiro e sobrou para Seydou Doumbia completar para as redes. O primeiro tempo teve ainda uma boa chance de gol para cada lado. Mas os goleiros De Gea e Akinfeev salvaram.

Em desvantagem no placar, o Manchester United começou a etapa final com mudança na equipe. Para dar mais força ofensiva à equipe inglesa, o técnico Louis van Gaal trocou o volante Schweinsteiger pelo atacante Fellaini.

E o time visitante ganhou corpo no ataque. Rooney e Lingard tiveram oportunidades para empatar, aos 14 e aos 17 minutos. Até que Martial se redimiu do erro que gerou o pênalti para o CSKA no primeiro tempo. Após cruzamento de Valencia pela direita, Martial cabeceou para as redes. A bola ainda acertou a trave antes de entrar, aos 19.

O empate, contudo, não foi a senha para o Manchester crescer no jogo rumo à virada. Parando na marcação russa, o time inglês levava pouco perigo. Nem mesmo a entrada de Depay, aos 34, alterou o poder ofensivo dos visitantes, que tiveram que se contentar com o empate fora de casa.

Enquanto o Manchester somava apenas um ponto, o Wolfsburg buscava sua segunda vitória ao superar o PSV por 2 a 0. Bas Dost e Max Kruse marcaram os gols da partida, ambos no segundo tempo. Nos minutos finais, Jurgen Locadia teve chance para descontar o placar, mas desperdiçou a cobrança de pênalti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.