Matthew Childs/Reuters
Matthew Childs/Reuters

Manchester United empata fora de casa e segue longe dos líderes na Inglaterra

Comandados por José Mourinho ficam no 2 a 2 com o Southampton e continuam na sétima colocação, distantes da vaga para a Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

01 Dezembro 2018 | 18h06

O Manchester United lutou e correu atrás do resultado, mas não passou de um empate por 2 a 2 contra o Southampton, neste sábado, fora de casa, pela 14.ª rodada do Campeonato Inglês. A igualdade no placar, obtida a duras penas depois de ficar em desvantagem de dois gols, manteve o time comandado pelo técnico português José Mourinho longe dos primeiros colocados.

Agora com 22 pontos, o Manchester United permanece na sétima colocação - tem a mesma pontuação do Everton, mas perde no saldo de gols (5 a -1). Para o quinto colocado, o Arsenal, que hoje teria uma vaga na próxima edição da Liga Europa, a diferença de é de cinco pontos. Para o líder, o rival Manchester City, é muito maior - de 16.

Na outra ponta da tabela de classificação, o Southampton desperdiçou a chance de deixar a zona de rebaixamento. Com o ponto obtido, chegou a nove e subiu da 19.ª para a 18.ª colocação, ainda dentro da zona de rebaixamento.

O jogo no St. Mary´s Stadium teve um primeiro tempo frenético, quando saíram os quatro gols. Logo aos 13 minutos, o Southampton abriu o placar em um chute forte de Armstrong, após linda jogada individual de Redmond. Aos 20, saiu o segundo em cobrança de falta com perfeição do português Cédric Soares, que colocou a bola no ângulo direito do goleiro espanhol De Gea.

A reação do Manchester United começou aos 33 minutos. Rashford ganhou uma disputa de bola com a zaga do Southampton e rolou para Lukaku, que finalizou forte na saída do goleiro e encerrou o seu jejum pessoal de gols - estava há 981 minutos sem marcar (12 jogos). E o empate saiu aos 39, quando Rashford fez bela jogada individual pela ponta direita e cruzou rasteiro para Ander Herrera, como um elemento surpresa, tocar de letra para as redes.

Sem tanta emoção, a segunda etapa começou com pressão do Manchester United. Mesmo com mais posse de bola, porém, o time de Manchester tinha dificuldade para furar o bloqueio defensivo do Southampton, que saía apenas para contra-atacar. Assim, o jogo ficou mesmo no empate por 2 a 2.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.