Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Manchester United empata sem gols com Villarreal em casa

Atual campeão da Liga dos Campeões, time de Sir. Alex Ferguson não passou pelo sistema defensivo espanhol

EFE

17 de setembro de 2008 | 18h04

Na partida que marcou o retorno do meia-atacante português Cristiano Ronaldo aos gramados, o Manchester United não conseguiu passar de um empate em 0 a 0 com o Villarreal, pela primeira rodada do grupo E da Liga dos Campeões. Os atuais campeões também contaram com a sorte no início da sua defesa do título, já que o outro jogo do grupo, entre Celtic e Aalborg, também terminou com um empate sem gols.   Veja também:  Real Madrid confirma favoritismo e vence em casa na Liga  Del Piero salva a Juventus na volta às competições européias  Bayern estréia com vitória na Liga dos Campeões  Em casa, Dínamo arranca um empate com Arsenal  Com gol de brasileiro, Porto vence o Fenerbahçe  Benzema brilha e evita derrota do Lyon para a Fiorentina  Liga dos Campeões – Classificação, calendário e resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão   Em um jogo marcado pelo duelo entre o ataque do United e a defesa da equipe espanhola, a primeira chance de gol surgiu aos 15 minutos da etapa inicial, quando o português Nani arriscou um chute de longa distância defendido pelo goleiro Diego López.   A proposta da equipe treinada pelo chileno Manuel Pellegrini era clara e o Villarreal priorizou a defesa. As estatísticas ao final do jogo mostraram que o Manchester chutou 20 vezes a gol, enquanto os espanhóis arriscaram apenas cinco finalizações.Na volta do intervalo, o poder ofensivo do United aumentou com a entrada de Cristiano Ronaldo aos 17 minutos, no lugar do meia coreano Park. O português ficou três meses longe do futebol, após passar por uma cirurgia no tornozelo direito.E o favorito ao prêmio de melhor do mundo da Fifa em 2008 só precisou de quatro minutos para levar perigo aos espanhóis. Aos 21min, arriscou um chute forte, mas Diego López, em noite inspirada, agarrou.Na seqüência, foi a vez do meia brasileiro Anderson, que também entrou no segundo tempo, arriscar duas finalizações, mas a noite não parecia mesmo ser do United. Nos minutos finais, a melhor chance do Manchester foi desperdiçada pelo zagueiro Evans, que acertou a trave.   Na próxima rodada, o United vai enfrentar o Aalborg, na Dinamarca, enquanto o Villarreal receberá Celtic.   Ficha técnica. Manchester United: Van der Sar; Neville, Ferdinand, Evans e Evra; Hargreaves (Andersom, aos 17 minutos do segundo tempo), Fletcher, Nani e Park (Cristiano Ronaldo, aos 17 min do segundo tempo); Rooney e Tévez (Giggs, aos 35 min dos segundo tempo).Técnico: Alex Ferguson.   Villarreal: Diego López; Angel, Gonzalo, Godín e Capdevila; Edmílson, Eguren, Cani (Cazorla, no intervalo), Fernández e Pires (Ibagaza, aos 22 min do segundo tempo); Franco.Técnico: Manuel Pellegrini. Cartões amarelos: Franco, Ibagza, López e Tévez.     Árbitro: Wolfgang Stark (ALE), auxiliado por seus compatriotas Jan-Hendrik Salver e Volker Wezel.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.