Divulgação
Divulgação

Manchester United espera que Juan Mata marque início de reação

Meia espanhol é a contratação mais cara da história do clube inglês

Agência Estado

26 de janeiro de 2014 | 13h12

MANCHESTER - Com o Manchester United sob risco de ficar fora da Liga dos Campeões na próxima temporada, a chegada de Juan Mata por um valor recorde no clube de 37,1 milhões de libras (cerca de R$ 146 milhões) é certamente uma ação de emergência. Mas também marca o primeiro passo no processo de reconstrução do maior vencedor do Campeonato Inglês, de acordo com o técnico David Moyes.

Após contratar Mata, o sucessor de Alex Ferguson disse que o meia espanhol é a apenas o primeiro de muitos que virão. "Eu espero que seja a primeira de algumas novas contratações que chegarão, mas mais provavelmente no verão", disse Moyes à Manchester United TV.

Após a saída de Ferguson, o Manchester fez apenas uma contratação na janela de transferências anterior - o belga Marouane Fellaini. Agora, porém, o time parece bem mais ativo com a aposta em Mata. "Nos faltou um pouco de criatividade e imaginação na parte final do campo e eu realmente espero que Juan possa dar rapidamente isso a nós", disse Moyes.

"Eu quero construir uma equipe empolgante. Esse é sempre o caminho que eu quero ver o futebol sendo jogado e eu não conheço nenhuma outra maneira. Quero vencer e dar aos torcedores algo para gritar, porque eu não tenho feito isso com bastante frequência", completou.

O Manchester United já foi eliminado da Copa da Inglaterra e da Copa da Liga Inglesa nesta temporada, além de estar fora da luta pelo título do Campeonato Inglês, pois tem 14 pontos a menos do que o líder Arsenal. Assim, o quarto lugar, que lhe garantiria uma vaga na próxima Liga dos Campeões, parece ser uma meta mais realista, já que o time está a seis pontos do Liverpool.

"Nós não fizemos bem como nós gostaríamos de ter feito", disse Moyes. "Nós vemos isso como o início. Temos que olhar para melhorar e vou tentar trazer alguns novos jogadores para fazer isso acontecer. Como eu disse, espero que Juan seja o primeiro de vários".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.