Andrew Yates/Reuters
Andrew Yates/Reuters

Manchester United faz 3 gols em 7 minutos, mas leva empate do Sheffield no final

Resultado de 3 a 3 mantém os rivais deste domingo separados por apenas um ponto na tabela

Redação, Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2019 | 16h10

No jogo mais movimentado da 13ª rodada do Campeonato Inglês, o Manchester United mostrou poder de reação fora de casa, marcando três gols em sete minutos, mas não conseguiu vencer o Sheffield neste domingo. No final, a partida, repleta de gols, polêmicas e interferência do VAR, terminou empatada em 3 a 3.

O resultado mantém os rivais deste domingo separados por um ponto na tabela. O Sheffield soma 18 e, com a boa campanha, aparece na sexta colocação, à frente do Manchester. Irregular neste início da temporada, a equipe do técnico Ole Solskjaer é só a nona colocada.

O jogo foi aberto e equilibrado. A primeira etapa foi dominada pelo Sheffield, que, forte em casa, se impôs e abriu o placar com o meia escocês John Fleck, aos 18 minutos. A equipe do técnico Chris Wilder continuou em cima no início do segundo tempo e ampliou com o atacante francês Mousset, em bonita finalização rasteira.

No entanto, o Manchester acordou e conseguiu reverter completamente o cenário da partida em sete minutos, período em que marcou três gols e virou o jogo. Brandon Williams anotou o primeiro aos 27, Greenwood foi o autor do empate aos 32 e Rashford apareceu para balançar as redes aos 34 e fazer o que poderia ser o gol do triunfo do time de Manchester.

Não foi porque o Sheffield não desistiu e buscou o empate nos acréscimos em jogada confusa e que terminou com a conclusão de McBurnie. O gol foi revisado pelo árbitro de vídeo em razão de um suposto toque no braço no início da jogada. Após longos minutos, o juiz decidiu validar o lance, confirmando o empate no placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.