Paul Ellis/AFP
Paul Ellis/AFP

Manchester United ganha e assume 3º lugar na Inglaterra

Liverpool derrota o West Ham por 2 a 0 e vai mostrando poder de reação na segunda metade do Campeonato Inglês

Estadão Conteúdo

31 de janeiro de 2015 | 15h29

Com uma boa atuação de sua milionária dupla de ataque - o holandês Robin Van Persie e o colombiano Radamel Falcao García marcaram um gol cada -, o Manchester United não teve trabalho neste sábado para derrotar o lanterna Leicester City por 3 a 1, no estádio Old Trafford, em Manchester, pela 23.ª rodada do Campeonato Inglês. Ainda no primeiro tempo, os donos da casa aumentaram com o gol contra de Wes Morgan e viram o visitante descontar com Marcin Wasilewski já no final do jogo.

O resultado positivo levou o Manchester United de volta ao terceiro lugar na tabela de classificação, com 43. Ultrapassou o Southampton, que tem 42 e joga neste domingo em casa contra o Swansea City. O Leicester City, com 17 pontos, fica cada vez mais perto de voltar à segunda divisão.

Quem mostra poder de reação nesta segunda metade do campeonato é o Liverpool. Com a volta do atacante Sturridge, após mais de cinco meses, o time recebeu o West Ham e ganhou por 2 a 0, no estádio Anfield Road, em Liverpool. Os gols foram justamente da dupla de ataque - Sterling, aos seis minutos do segundo tempo, e Sturridge, aos 35.

Com 38 pontos, o Liverpool subiu para a sétima colocação e ultrapassou justamente o West Ham, que ficou com 36. Um pouco acima deles, em quinto lugar, está o Tottenham, que ganhou fora de casa do West Bromwich por 3 a 0. Os gols foram marcados por Christian Eriksen e Harry Kane (duas vezes, sendo a segunda em uma cobrança de pênalti).

Nos outros jogos, o Everton mostrou os primeiros sinais de uma reação ao derrotar o Crystal Palace por 1 a 0, em Londres; o Stoke City bateu em casa o Queens Park Rangers por 3 a 1; e o Sunderland ficou mais distante da zona de rebaixamento ao ganhar como mandante do Burnley por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.