Manchester United ganha no sufoco e lidera com folga

O Manchester United sofreu bastante neste sábado, mas conseguiu ganhar em casa do Everton, por 1 a 0, e manteve a liderança tranquila no Campeonato Inglês. Agora, faltando apenas quatro partidas para o final da disputa, o time do técnico Alex Ferguson soma 73 pontos, com nove de vantagem sobre Chelsea e Arsenal, que dividem a segunda colocação e ainda jogam nesta rodada.

AE, Agência Estado

23 de abril de 2011 | 10h47

Mesmo diante de sua fanática torcida, que lotou o Estádio Old Trafford, o Manchester United teve muito trabalho no jogo deste sábado. No primeiro tempo, pouco criou no ataque. Como o Everton quase não ameaçou o goleiro adversário, os donos da casa passaram a pressionar bastante na segunda etapa, mas o gol demorou demais para sair, deixando os torcedores aflitos.

Michael Owen chegou a mandar a bola na trave aos 28 minutos. Mas a vitória do Manchester United só veio mesmo aos 38, quando o equatoriano Valencia cruzou para a área e o atacante mexicano Javier "Chicharito" Hernández fez de cabeça - o autor do gol estava impedido quando foi lançado, mas o árbitro nada marcou e validou o lance, para a alegria da torcida local.

Assim, o Manchester United ganha tranquilidade para poder começar a disputa das semifinais da Liga dos Campeões da Europa - enfrentará o Schalke 04 na terça-feira, na Alemanha. Mesmo porque, a conquista do título do Campeonato Inglês está cada vez mais perto. Suas únicas ameaças são o Chelsea, que recebe o West Ham neste sábado, e o Arsenal, que visita o Bolton no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.