Martin Rickett/AP
Martin Rickett/AP

Manchester United marca nos acréscimos e arranca empate com Everton em casa

United foi até os 54 pontos, sustentando a quinta posição da tabela

Estadao Conteudo

04 de abril de 2017 | 18h18

Um empate suado em casa, nesta terça-feira, manteve o Manchester United com chances de voltar a disputar a Liga dos Campeões. Jogando no Old Trafford, o time de José Mourinho perdia para o Everton até os 47 minutos do segundo tempo. Mas, de pênalti, após toque de mão infantil de Ashley Williams dentro da área, o United arrancou o empate por 1 a 1.

Com o empate, o United foi até os 54 pontos, sustentando a quinta posição da tabela. O time está a quatro pontos do Manchester City, quarto colocado. No Campeonato Inglês, somente os quatro primeiros colocados garantem classificação para a Liga dos Campeões, sendo que os três primeiros entram direto na fase de grupos e o quarto precisa disputar fase preliminar anterior. Já o Everton, com 51, perdeu a chance de superar o United na tabela.

Isso porque, aos 47 minutos do segundo tempo, o zagueiro Ashley Williams tentou interceptar finalização do United, de fora da área, e usou as mãos para tanto, dentro da pequena área. Ele estava logo à frente do goleiro Joel Robles, que parecia em posição propícia à defesa do chute. O árbitro expulsou o defensor e anotou o pênalti, convertido por Ibrahimovic aos 48 minutos da etapa final.

Até então o Everton vencia o jogo e encaminhava seus três pontos, graças principalmente às boas defesas de Robles. No primeiro tempo, o Manchester United mostrou maior iniciativa e quase abriu o placar aos 15 minutos. Ibrahimovic acertou belo passe e Rashford, dentro da área, bateu rente ao pé da trave esquerda do goleiro visitante.

Mas foi o Everton quem balançou as redes. Foi aos 21, após cobrança de escanteio. Williams escorou de cabeça na área e Jagielka, aproveitando marcação frouxa do lateral argentino Rojo, desviou de costas. A finalização, meio sem jeito, surpreendeu e a bola passou entre as pernas do goleiro De Gea.

Antes do intervalo, o United teve grande chance para empatar, em cobrança de falta. Aos 29, Blind acertou forte chute na finalização de bola parada, mas o goleiro Joel Robles saltou no ângulo para espalmar a bola. Ander Herrera pegou o rebote e, mesmo sem ângulo, carimbou o travessão.

No segundo tempo, Mourinho reforçou o setor ofensivo do United com as entradas de Pogba e Mkhitaryan. Mas a produção seguiu baixa. O time da casa chegava ao ataque com facilidade, mas criava poucas chances de perigo. Aos 25, Ibrahimovic escorou de cabeça e mandou para as redes, mas a arbitragem anulou o lance por impedimento.

O duelo parecia encaminhado em favor do Everton, até que Ashley Williams acertou a mão na bola dentro da área, o que permitiu o empate dos anfitriões.

Pela mesma rodada do Inglês, o Leicester City venceu mais uma. Ao superar o Sunderland por 2 a 0, em casa, o atual campeão chegou aos 36 pontos e alcançou a 10ª posição da tabela, afastando ainda mais o risco de rebaixamento.

Em outros jogos do dia, o Burnley derrotou o Stoke City por 1 a 0, enquanto o Watford bateu o West Bromwich por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.