Manchester United perde virada do lanterna Wolverhampton

Líder do Inglês perdeu uma invencibilidade que durava 29 partidas, sendo 24 na atual competição

AE, Agência Estado

05 de fevereiro de 2011 | 17h50

LONDRES - Líder isolado do Campeonato Inglês, o Manchester United vacilou neste sábado e levou uma inesperada virada do Wolverhampton, último colocado da tabela. De quebra, o time do técnico Alex Ferguson perdeu uma invencibilidade que durava 29 partidas, sendo 24 na atual competição e cinco da temporada passada.

A derrota por 2 a 1, fora de casa, também reabriu a briga pela liderança do campeonato. Com 54 pontos, o Manchester perdeu a chance de aumentar a distância na tabela para o Arsenal, com 50, e Manchester City, com 49 e um jogo a mais que os dois adversários. O Chelsea, que ainda fará dois jogos com o United (o duelo do primeiro turno havia sido adiado por conta da neve), soma 44 e ainda pode alcançar o rival na classificação.

Apesar da vitória, o ameaçado Wolverhampton segue na lanterna, com apenas 24 pontos. O time poderá ficar em situação mais complicada na tabela neste domingo, porque Birmingham e West Ham, outros candidatos ao rebaixamento, farão um confronto direito e podem abrir vantagem sobre o último colocado.

Embalado no campeonato, o Manchester entrou em campo neste sábado disposto a fazer mais uma vítima na temporada. E o favoritismo parecia se confirmar quando o português Nani atacou pela direita, driblou um marcador e mandou a bola para o fundo das redes, logo aos 2 minutos de jogo.

Mas o Wolverhampton não se abateu com o gol sofrido e, com o apoio da torcida, buscou o empate seis minutos depois. Elokobi aproveitou cruzamento da esquerda e cabeceou firme para as redes. Mais motivado, os donos da casa chegaram a virada antes do intervalo. Aos 39, Doyle, também de cabeça, sacramentou a vitória.

Mesmo assustado pela virada, o Manchester partiu para cima do rival no segundo tempo e impôs forte pressão nos primeiros minutos. O ataque, porém, falhava por conta do nervosismo. No final, Zubar acertou a mão na bola dentro da área, após jogada de Evra. Os jogadores do Manchester pediram pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir, confirmando o triunfo dos anfitriões.

Veja também:

link Newcastle arranca empate após levar quatro gols do Arsenal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.