Lee Smith/Reuters
Lee Smith/Reuters

Manchester United reassume a vice-liderança no Campeonato Inglês

Time do técnico José Mourinho bate o Everton por 2 a 0 fora de casa e ultrapassa temporariamente o Chelsea

O Estado de S. Paulo

01 Janeiro 2018 | 17h50

O Manchester United começou o ano de 2018 de forma positiva e com um desempenho incontestável na vitória sobre o Everton por 2 a 0, nesta segunda-feira, no estádio Goodison Park, em Liverpool, pela 22.ª rodada do Campeonato Inglês. O resultado positivo, após três empates seguidos, fez o time comandado pelo técnico português José Mourinho retomar a vice-liderança, pelo menos de forma provisória.

+ Sem vitória, Liverpool sofre para ganhar do Burnley

+ Tabela do Campeonato Inglês

Agora com 47 pontos, o Manchester United ultrapassou o Chelsea para reassumir a segunda colocação. Nesta quarta-feira, torcerá para que o rival de Londres, com dois pontos a menos, não derrote o Arsenal, no Emirates Stadium, no clássico da capital inglesa. A diferença para o líder Manchester City, no entanto, ainda é grande: 12 pontos.

Para o Everton, que vinha em uma fase ascendente antes destes dois jogos de final de ano - no último sábado havia perdido para o Bournemouth -, o resultado negativo o mantém na nona colocação com 27 pontos. Perdeu contato com o Leicester City, o oitavo colocado com 30, e pode ser ultrapassado nesta rodada pelo Watford, que tem 25.

Em dezembro, José Mourinho teve de fazer muitas alterações a cada partida do Manchester United. Por causa de lesões, os atacantes Romelu Lukaku e Zlatan Ibrahimovic estão fora e, assim, o ataque nesta segunda-feira foi formado por Lingard, Juan Mata e Martial.

O trio não funcionou no primeiro tempo, que foi muito equilibrado no meio de campo e com pouca efetividade no ataque - tanto que os goleiro Pickford, do time da casa, e De Gea pouco trabalharam.

Só na segunda etapa é que as coisas deram certas para o Manchester United. Aos 11 minutos, Martial deixou o meio da área adversária e abriu o placar. Mata arrancou pela esquerda e acionou Pogba. O francês dominou e, de trivela, deu o passe para Martial, que, na meia-lua da área, dominou e chutou colocado no ângulo esquerdo de Pickford.

Aos 35 minutos, após sofrer uma pequena pressão do Everton, o Manchester United fez o segundo gol e definiu a vitória. Rashford, que entrou na vaga de Martial, roubou bola e tocou para Pogba. O francês passou para Lingard, que conduziu pela esquerda, cortou para o pé direito e bateu no ângulo oposto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.