Carl Recine/Reuters
Carl Recine/Reuters

United só empata com o PSV e deixa liderança com o Wolfsburg

Manchester não passa de um 0 a 0 no Old Traffort

Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2015 | 19h45

O Manchester United decepcionou seu torcedor que foi ao Old Trafford e não passou de um empate sem gols diante do PSV nesta quarta-feira. O time inglês mostrou-se pouco criativo diante da forte defesa holandesa e perdeu a liderança do Grupo B da Liga dos Campeões, agora nas mãos do Wolfsburg.

O time alemão subiu à ponta ao vencer o CSKA Moscou por 2 a 0, também nesta quarta, na Rússia, resultado que o levou a nove pontos. O empate na Inglaterra levou o Manchester aos oito, enquanto o PSV tem sete. O CSKA está na lanterna, com apenas quatro.

Na última rodada, dia 8, o Manchester viaja para enfrentar o Wolfsburg na Alemanha e precisa da vitória para garantir a classificação. O PSV, mesmo na terceira posição da chave, tem situação confortável e precisa apenas vencer o CSKA em casa para ir às oitavas.

O Manchester foi dono do jogo no primeiro tempo desta quarta, totalmente dominante na posse de bola, mas teve bastante dificuldade para entrar na defesa adversária. Até que aos 21, conseguiu, mas aí esbarrou na própria deficiência. Rooney e Martial fizeram ótima jogada. A bola chegou para Lingard em ótima condição, mas ele dominou muito mal e perdeu o controle.

Foi o primeiro susto do time da casa, que voltaria a chegar aos 30. Após escanteio batido da direita, Schneiderlin desviou meio no susto na pequena área. A bola saiu fraca e Zoet, em cima da linha, defendeu. Dois minutos depois, em uma das poucas idas ao ataque, o PSV respondeu com Hendrix, que exigiu boa intervenção de De Gea.

Mas foi o único susto levado pelo Manchester no primeiro tempo. O domínio era todo do time inglês, que ainda teve duas outras chances, ambas pelo lado esquerdo. Aos 36, Martial recebeu livre na área, mas bateu em cima de Zoet. Já aos 45, o mesmo francês finalizou forte da entrada da área. Desta vez, o goleiro holandês foi muito bem.

No segundo tempo, o Manchester se mostrou disposto a furar a defesa do PSV e foi com tudo para cima. Logo aos três minutos, Depay recebeu na área, fez bela finta e bateu forte, parando em Zoet novamente. Pouco depois, Martial fez bela jogada e bateu cruzado, mas ninguém chegou para completar.

Louis van Gaal colocou em campo Ashley Young e Fellaini e o time pareceu ficar mais lento. Ainda assim, foi justamente um deles quem criou a melhor chance de toda a partida. Aos 27 minutos, Young recebeu lançamento pela direita e rolou no meio da área para Lingard, que apareceu sozinho, mas isolou.

WOLFSBURG VENCE

Na Rússia, o confronto entre CSKA e Wolfsburg foi bastante parelho, mas somente até o segundo tempo, quando a entrada de Schürrle mudou o panorama da partida. O velho conhecido dos brasileiros - autor dos últimos dois gols da inesquecível goleada por 7 a 1 dos alemães em 2014 - saiu do banco para ajudar os visitantes a garantirem a vitória.

Schürrle entrou em campo aos 16 minutos do segundo tempo. Aos 22, recebeu lançamento longo, entrou na área pela direita e encheu o pé. Akinfeev tentou espalmar e jogou para dentro do gol. Aos 42, o alemão voltou a aparecer bem dentro da área para bater firme, após cruzamento da direita, e selar o placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.