Paul Childs/Reuters
Paul Childs/Reuters

Manchester United tropeça e perde chance de garantir vice do Inglês

Brighton & Hove Albion comemora permanência na primeira divisão com vitória por 1 a o sobre o time de Mourinho

Estadão Conteúdo

04 Maio 2018 | 18h10

O Manchester United deixou escapar nesta sexta-feira a chance de sacramentar o vice-campeonato inglês. Jogando fora de casa, o time de José Mourinho foi batido pelo modesto Brighton & Hove Albion por 1 a 0, na abertura da rodada. Se não agradou ao visitante, o resultado foi motivo de festa por parte da torcida local, satisfeita com a permanência do Brighton na primeira divisão

+ Gerrard é anunciado como técnico do Rangers e assina por 4 anos com clube escocês

Já garantido na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões, o Manchester United estacionou nos 77 pontos, mantendo a esperança do Liverpool de alcançar o segundo posto da tabela. O terceiro colocado soma 72 pontos, ainda com dois jogos a disputar no Inglês. A liderança segue com o Manchester City, campeão antecipado, com 93 pontos,

O Brighton & Hove Albion, por sua vez, chegou aos 40 pontos e subiu para o 11º lugar, acabando com qualquer chance de rebaixamento. Assim, o modesto time atingiu seu maior objetivo na primeira divisão, em sua primeira temporada após o acesso.

Sem maiores pretensões no campeonato, o Manchester começou melhor e até balançou as redes aos 2 minutos, em cabeçada de Fellaini. O belga, contudo, estava em posição de impedimento e o árbitro anulou o lance.

O único gol da partida saiu somente aos 11 minutos da segunda etapa. Num rápido contra-ataque, Jose Izquierdo tabelou com as pernas do marcador pela esquerda e cruzou na área. Pascal Gross escorou de cabeça. A defesa do United tentou tirar, mas a bola já tinha entrado, segundo confirmou a tecnologia da linha do gol.

Com a desvantagem no placar, o time visitante mostrou pouca disposição de lutar pela virada ou mesmo pelo empate. E o Brighton não teve maior dificuldade para sacramentar a vitória. Ao apito final, jogadores comemoraram a vitória e a permanência na primeira divisão como se fosse um título.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.