Manchester United vence Arsenal e se mantém em 2.º

O Manchester United deu show neste domingo. Mesmo atuando fora de casa, a equipe de Alex Ferguson não tomou conhecimento do Arsenal, venceu por 3 a 1 e, assim, assegurou a segunda colocação do Campeonato Inglês.

AE, Agencia Estado

31 de janeiro de 2010 | 16h12

Com a boa vitória, o Manchester United chegou aos 53 pontos em 24 jogos e ficou apenas um ponto atrás do líder Chelsea, que no entanto tem uma partida a menos.

Já o Arsenal desperdiçou boa oportunidade para se reabilitar na competição. Depois de empatar na rodada anterior com o Aston Villa e cair da primeira para a terceira posição, a equipe londrina permaneceu com 49 pontos e permitiu que Chelsea e Manchester United abrissem boa vantagem.

Apesar de atuar no Emirates Stadium, o time visitante foi superior desde o início da partida. Nani, Scholes e Carrick imprimiam boa movimentação no meio e acuavam o Arsenal, que só conseguia sair em contra-ataques.

A pressão surtiu efeito aos 32 minutos do primeiro tempo, quando Nani fez boa jogada e bateu firme. O goleiro Almunia ainda tentou defender, mas acabou desviando para o próprio gol.

Em desvantagem, o Arsenal se perdeu ainda mais na partida. E o Manchester United aproveitou dois minutos depois: Rooney recebeu passe de Nani e bateu de primeira, marcando um bonito gol.

A boa vantagem não diminuiu o ímpeto dos visitantes, que marcaram mais um no início da etapa final após falha de Denilson. Após o volante brasileiro perder a bola no campo de defesa, Park avançou e tocou na saída de Almunia.

Com a partida praticamente definida, o Manchester diminuiu o ritmo nos minutos finais. O Arsenal aproveitou para descontar aos 35 com Vermaelen, mas não teve força suficiente para buscar a reação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.