Manchester United vence Bolton e assume a liderança

O Manchester United não perdoou neste sábado o tropeço do Chelsea mais cedo, na abertura da nona rodada do Campeonato Inglês. Após o então líder perder por 2 a 1 para o Aston Villa, o Manchester entrou em campo e venceu o Bolton também por 2 a 1, desbancando a equipe de Londres e assumindo a liderança da competição. Agora, o novo primeiro colocado tem 22 pontos, um a mais que o Chelsea.

AE, Agencia Estado

17 de outubro de 2009 | 13h50

No Old Trafford, o Manchester atuou sem o atacante Rooney, lesionado. Mas o time da casa não sentiu o desfalque e inaugurou o marcador logo aos cinco minutos. Após cruzamento de Evra, Knight acabou marcando contra. Aos 33, o equatoriano Valencia chutou forte na área e fez 2 a 0. O Bolton descontou aos 30 do segundo tempo, em cabeçada de Taylor, e chegou a pressionar, mas o Manchester segurou o resultado.

Também neste sábado, o Tottenham garantiu a terceira posição ao vencer o lanterna Portsmouth por 2 a 1, somando 19 pontos. Logo atrás na tabela vem o Arsenal, que também ganhou na rodada. Em casa, a equipe contou com gols de Van Persie, Diaby e Arshavin para derrotar o Birmingham por 3 a 1. Com a vitória, chegou a 18 pontos.

Quem também tropeçou pela nona rodada, assim como o Chelsea, foi o Liverpool. Fora de casa, a equipe encarou o Sunderland e sofreu 1 a 0 logo aos cinco minutos, mas não conseguiu reagir a acabou derrotada, ficando na oitava colocação, com 15 pontos. O time vencedor está logo acima, em sétimo, já que chegou a 16 pontos com a vitória.

Na briga pelas posições intermediárias, o Stoke City venceu o West Ham por 2 a 1, com dois gols de Beattie. Já Everton e Wolverhampton empataram por 1 a 1. No complemento da nona rodada do Inglês, o Manchester City encara o Wigan fora de casa e o Blackburn recebe o Burnley neste domingo. Na segunda-feira, o Fulham joga contra o Hull City.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.