Oli Scarff/AFP
Oli Scarff/AFP

Manchester United vence Brighton e sobe para a sétima colocação do Inglês

Com grande atuação de Rashford, time de Manchester dá um salto na classificação da competição nacional

Redação, Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2019 | 13h14

O Manchester United subiu da 15.ª para a sétima colocação do Campeonato Inglês ao vencer neste domingo o Brighton por 3 a 1, em Old Trafford, pela 12.ª rodada da competição nacional. O clube de Manchester chegou aos 16 pontos, enquanto o adversário permaneceu com 15.

O jogo teve dois tempos bastante distintos. No primeiro, o United teve domínio total daas ações e o placar de 2 a 0 poderia ter sido ainda mais elástico. O Brighton, por sua vez, apenas se defendeu.

O brasileiro Andreas Pereira abriu o placar aos 17 minutos, após a sua finalização desviar na barriga de Stephens. O goleiro australiano Mathew Ryan nada pôde fazer. O segundo gol saiu três minutos depois. Depois de uma confusão na área do Brighton,  Davy Propper marcou contra sua própria meta.

O técnico Graham Potter fez duas alterações no Brighton no intervalo: colocou Glenn Murray no lugar de Aaron Connolly e Dolly March na vaga de Martin Montoya. O time, assim, ganhou força e pressionou o Manchester United até conseguir seu gol, aos 19 minutos, com o zagueiro Dunk, de cabeça, após cobrança de escanteio.

O gol acordou o time da casa. A reação veio logo aos 21 minutos, com Marcus Rashford, após bela assistência de Martial. O Brighton sentiu o gol e a vantagem do United só não foi maior por causa de pelo menos três grandes defesas de Ryan e mais duas grandes oportunidades perdidas por Martial.

O personagem do jogo foi Rashford. Além do gol, o atacante foi o autor da jogada mais bonita da partida ao dar um elástico incrível e, na sequência, bater para a defesa de Ryan. Mas ele também perdeu um gol feito ao chutar para fora, a um passo da pequena área, com a meta aberta.

Em outro jogo deste domingo, o Wolverhampton derrotou o Aston Villa por 2 a 1. Destaque para o primeiro gol do time da casa, marcado pelo português Ruben Neves, aos 41 minutos do primeiro tempo. O belo chute de fora da área surgiu após jogada ensaiada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.