Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Mancini afirma que erros em 'tomadas de decisão' causaram empate do Corinthians com o Vasco

Treinador lamenta escolhas erradas do jogadores e cobra melhora na efetividade das jogadas do time

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2021 | 20h56

O técnico do Corinthians, Vágner Mancini, disse neste domingo que erros de decisões dos jogadores causaram o empate por 0 a 0 diante do Vasco, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro. Na opinião dele, em diversos momentos os atletas escolheram a atitude equivocada na hora de definir as jogadas e, por isso, o time não conseguiu vencer. O tropeço afastou ainda mais o clube da vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Em entrevista coletiva, Mancini afirmou que o Corinthians não levou mais perigo porque não conseguir traduzir em chances de gol o domínio que teve. "Essa falta de efetividade foi pela falta de tomadas das decisões na hora certa. Tivemos volume para vencer, mas erramos em lances de tomada de decisão. Quando era para chutar, o cara tocava. Quando era para tocar, ele chutava. Essas tomadas são individuais", explicou.

A partida teve poucas chances de gol e fez o Corinthians completar três rodadas sem vencer. Um lance em específico chamou a atenção do treinador. No primeiro tempo, Léo Natel teve a chance de armar uma chance clara de gol. "Saímos em um lance de seis contra dois no primeiro tempo e tomamos a decisão errada de chutar, ali era um passe, botar o companheiro na cara do gol. Esse tipo de decisão pesa muito", citou Mancini como um dos exemplos de erro.

Apesar de mencionar esse problema, o técnico do Corinthians elogiou a atuação coletiva da equipe. "Nosso melhor jogador sempre foi o sistema, vinha funcionando muito bem. Com queda individual, você prejudica o sistema, uma coisa é ligada à outra. As tomadas de decisão de um jogo mudam o panorama da partida", disse o treinador, que disse notar no elenco sinais de cansaço pela longa temporada.

Na próxima quinta-feira o Corinthians encerra a participação no Campeonato Brasileiro diante do Inter, no Beira-Rio. A equipe gaúcha precisa vencer e torcer por um tropeço do Flamengo diante do São Paulo, no Morumbi, para ficar com o título. Distante dessa briga, o clube alvinegro espera demonstrar em Porto Alegre uma atuação mais convincente. "Ganhar, perder e empatar faz parte, mas a entrega é para todas as partidas. Esse time tem que ter alma, e é em busca desta alma que sempre vamos insisti", comentou Mancini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.