Rodrigo Coca / Agência Corinthians
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Mancini ainda acredita em vaga na Libertadores e aponta mudanças para próxima temporada

'O mais importante é que temos chances, remotas, mas temos chances', afirma técnico do Corinthians

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2021 | 05h00

O Corinthians tem uma situação complicada na briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, mas o técnico Vagner Mancini mantém a esperança em conseguir uma vaga no torneio continental. Em entrevista coletiva depois da derrota para o Santos na Vila Belmiro por 1 a 0, o treinador ressaltou que o time seguirá lutando enquanto for possível.

"Eu acredito ainda, são seis pontos em disputa, assim como o Corinthians, Santos e Athletico-PR têm jogos difíceis. Nesta fase do campeonato, todo mundo briga por alguma coisa. É importante a gente manter o entusiasmo. Só pelo fato de vestir essa camisa você tem a obrigação de brigar por todos os pontos até o final da disputa", disse Mancini.

"Nos últimos jogos, acabamos desperdiçando pontos importantes por erros da nossa equipe, alguns erros técnicos, estruturais, erros táticos, dentro destes detalhes que o jogo apresenta e a gente precisa ser mais efetivo. Acabou faltando num momento em que a gente precisava decidir algumas partidas e isso acabou nos custando pontos importantes e agora a situação ficou um pouco mais difícil. Ainda temos chance, vamos brigar muito até o final, mas é óbvio que ficou mais difícil", analisou o técnico sobre o momento da equipe. Em nove jogos em 2021, o Corinthians venceu três, empatou um e perdeu cinco.

"O mais importante é que temos chances, remotas, mas temos chances", manteve a fé.

Com a derrota para o Santos, a situação do Corinthians para conseguir uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores se complica muito. Para entrar no G-8, a equipe precisa vencer seus últimos dois jogos, torcer para que o Santos não vença nenhum dos seus dois e para que o Athletico-PR tropece ao menos uma vez. Nas últimas rodadas, o Corinthians enfrenta Vasco em casa e Internacional fora; o Santos recebe o Fluminense e visita o Bahia, e o Athletico-PR joga com o Grêmio em Porto Alegre e o Sport em Curitiba.

Independentemente de conquistar a vaga ou não, o Corinthians deverá ter mudanças no elenco após o término da temporada 2020. Contudo, quais mudanças serão feitas ainda depende da definição se o time jogará Libertadores ou a Copa Sul-Americana.

"Daqui a sete dias encerramos o Brasileiro e em 10 entramos em campo para outro campeonato (Paulistão). Decisões serão tomadas, não só no Corinthians, mas em todas as equipes. É importante que neste término de temporada, mesmo sendo fevereiro, que algumas coisas aconteçam, você oxigene seu elenco, seu clube, para que algumas coisas sejam melhores", indicou Mancini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.