Mancini cogita dar nova chance a Neymar no Santos

Insatisfeito com o futebol apresentado pelo Santos no sábado, o técnico Vágner Mancini afirmou que deverá fazer mudanças no time para a próxima rodada. E uma das alterações poderá ser o retorno do atacante Neymar ao time titular.

LEONARDO MAIA, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 09h34

"Temos uma semana inteira para trabalhar e vamos ver se mudamos alguma coisa. É fato que o time melhorou com a entrada do Neymar no segundo tempo, mas cometemos muitos erros e o Botafogo acabou por merecer a vitória", explicou o treinador santista.

Mancini não poupou críticas à apresentação do Santos na derrota por 2 a 0 para o Botafogo, no Engenhão. "O jogo em si não foi bom tecnicamente, principalmente por parte de nossa equipe, que fez a pior exibição sob o meu comando", avaliou Mancini. "Erramos muito com a bola no pé, não encaixamos a forma de atuar ofensivamente e falhamos muito na hora do passe", lamentou.

Mas o técnico santista depositou parte da culpa no estado do gramado. "O campo é muito irregular e prejudicou muito o nosso time, que gosta de trabalhar a bola com rapidez". Segundo Mancini, faltou maturidade aos jogadores para perceberem que o jogo exigia um contato físico maior, combate e marcação mais intensos.

"Somos uma equipe jovem. Faltou experiência hoje. Até fomos bem a maior parte da partida, mas nos minutos finais faltou mais maturidade para trabalhar a bola. Cometemos um erro de passe no ataque e acabamos sofrendo o primeiro gol em seguida", disse, se referindo ao gol de Batista, aos 36 minutos do segundo tempo. Laio ainda marcaria o segundo aos 41, definindo a primeira vitória do Botafogo na competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.