Mancini confirma Molina ao lado de Kléber Pereira

O técnico Vágner Mancini voltou a escalar Molina no time titular do Santos nas atividades desta sexta-feira. Molina deverá ser o quinto elemento do meio-campo santista, enquanto Kléber Pereira jogará isolado no ataque na partida contra o Corinthians, domingo, na Vila Belmiro.

SANCHES FILHO, Agencia Estado

29 de maio de 2009 | 20h40

Com a mudança, Neymar começará o jogo no banco de reservas. De acordo com o treinador, o time ganha mais sustentação no meio-campo com a entrada de Molina. "Com ele melhora a armação e com Neymar ficamos com dois jogadores velozes nas extremas, além dos lances inesperados que o garoto cria", explicou.

O coletivo desta sexta foi encerrado por Mancini no momento em que Léo sentiu uma contratura na panturrilha direita. O lateral saiu andando com dificuldade e já iniciou tratamento. Para o técnico, foi apenas um incômodo, que não põe em risco a escalação do atleta para o clássico.

Como Mancini avisou que não pretende fazer nenhuma surpresa no dia do jogo, o Santos deverá entrar em campo com: Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Fabiano Eller e Léo (Pará); Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson, Paulo Henrique Lima e Molina; Kléber Pereira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.