Sang Tan/AP
Sang Tan/AP

Mancini detona o 'chinelinho' do City e diz que fará mudanças

Treinador italiano desaprova falta de empenho de seus jogadores e promete uma revolução na equipe

Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 14h19

SÃO PAULO - O técnico Roberto Mancini criticou o comportamento dos jogadores do Manchester City e avisou que pretende fazer mudanças profundas na equipe após a derrota por 3 a 1 para o Southampton, no último sábado, que deixou o time a 12 pontos do rival Manchester United, líder do Campeonato Inglês, faltando 12 rodadas para o encerramento da competição nacional.

Mancini disse ao jornal Manchester Evening News, nesta segunda-feira, que ele só quer "jogadores que estejam prontos para lutar em campo". O recado foi uma paulada em alguns jogadores do elenco. "Eu estou muito irritado com vários dos meus jogadores e muito decepcionado com o desempenho deles", disparou o treinador italiano. "Você também precisa ter condições de vencer, porque você luta por cada bola e luta contra um adversário que também quer ganhar o jogo."

Ele prometeu mudanças no City e também de postura para o jogo contra o Leeds, no próximo domingo, pela Copa da Inglaterra. "Estou certo de que isso vai mudar, porque eu vou mudar os jogadores na próxima semana." Mancini, até o momento, de total apoio da direção do City para tocar sua reformulação e afastar os atletas que entende não estão se esforçando para ganhar as partidas.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.