Mancini diz que City não pode desanimar após derrota

Roberto Mancini cobrou "força" dos seus jogadores após perder a invencibilidade no Campeonato Inglês, na segunda-feira, com a derrota para o Chelsea. Para o treinador, o time não pode ficar abalado com o segundo revés seguido, depois de ser eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões, na semana passada.

AE, Agência Estado

13 de dezembro de 2011 | 17h17

"Temos que ser muito fortes. Estes momentos nos tornamos mais fortalecidos, como jogador e time. Por esta razão, este resultado serve de lição para nós", comentou Mancini, sem esconder a surpresa pela derrota. O Manchester era o único time invicto no campeonato, com 12 vitórias em 15 jogos e a liderança isolada da tabela.

Em resposta ao apelo do treinador, o meia James Milner garantiu a motivação do grupo. "Ainda estamos com fome. Estamos decididos a dar a volta por cima com uma performance ainda melhor no fim de semana", avisou. "Vamos trabalhar duro e, se possível, nos dedicarmos ainda mais em campo".

Depois do revés, o Manchester City voltará aos gramados no domingo para enfrentar o Arsenal, em casa. Apesar da derrota na segunda-feira, o time segue na primeira colocação da tabela, com dois pontos de vantagem sobre o vice-líder Manchester United.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolManchester CityRoberto Mancini

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.