Mancini tenta acertar o sistema defensivo do Cruzeiro

Contratado na última segunda-feira, para substituir Emerson Ávila, o técnico Vágner Mancini começou o trabalho no Cruzeiro dando prioridade ao sistema defensivo. Nesse primeiro momento, ele trabalha para acertar a marcação cruzeirense, para que o time consiga reagir no Brasileirão.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2011 | 17h49

Sem vencer há sete jogos - foram cinco derrotas e dois empates -, o Cruzeiro caiu para o 16º lugar, com apenas 29 pontos e perigosamente perto da zona de rebaixamento do campeonato. Por isso, precisa reagir no domingo, quando visita o Grêmio em Porto Alegre, na estreia de Mancini no cargo.

"O Vágner Mancini está dando ênfase maior à marcação, para o time ter mais pegada. Sabemos das nossas dificuldades no Campeonato Brasileiro. Vamos enfrentar o Grêmio, uma equipe forte, mas vamos jogar de igual para igual no Olímpico", disse o lateral/volante Everton, ressaltando que a chegada do técnico trouxe uma "motivação boa, motivação nova" para o elenco cruzeirense.

Everton deve jogar como lateral no domingo, mas Mancini chegou a testá-lo também no meio-de-campo nos treinos da semana. Independente da posição, o jogador garantiu estar pronto para jogar. "Seja na lateral ou como volante, estou sempre ajudando o Cruzeiro. Estou ciente das dificuldades de jogar na lateral, mas estou preparado. Onde o professor optar, na lateral ou como volante, estarei sempre à disposição", avisou o jogador, que é volante de origem.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroEverton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.