Suhaib Salem/Reuters
Suhaib Salem/Reuters

Mané perde pênalti, mas marca dois e Senegal avança na Copa Africana

Atacante do Liverpool foi o destaque da vitória por 3 a 0 sobre o Quênia

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2019 | 22h26

Sadio Mané viveu momentos de vilão nesta segunda-feira, mas terminou o duelo entre o seu Senegal e a seleção de Quênia como herói, ajudando sua equipe a avançar às oitavas de final da Copa Africana de Nações, disputada no Egito, com uma vitória sobre o Quênia por 3 a 0. A Costa do Marfim foi outra seleção a se classificar nesta segunda.

O astro do Liverpool começou mal a partida ao desperdiçar uma penalidade aos 29 minutos. Ele bateu mal e parou no goleiro Patrick Matasi. A redenção veio no segundo tempo, depois que seu companheiro de time, Ismaila Sarr, abriu o placar para o Senegal, aos 17 minutos.

Mané marcou seu primeiro gol nesta edição da Copa Africana de Nações aos 26. E anotou o segundo, desta vez convertendo pênalti, sete minutos depois, sacramentando a vitória e a classificação da equipe senegalesa, segunda colocada no Grupo C, com seis pontos.

A liderança ficou com a Argélia, que terminou a fase de grupos com aproveitamento de 100% ao superar a Tanzânia também por 3 a 0. A equipe argelina ficou com nove pontos na chave. Os rivais de Senegal e Argélia nas oitavas de final ainda não foram definidos.

Pelo Grupo D, Marrocos e Costa do Marfim também mantiveram suas posições na chave, com os marfinenses garantindo a classificação. A vaga veio no triunfo sobre a Namíbia por 4 a 1. Max-Alain Gradel, Geoffroy Serey Die, Wilfried Zaha e Maxwel Cornet marcaram os gols da seleção vencedora. Joslin Kamatuka anotou o gol de honra da Namíbia.

À frente da Costa do Marfim ficou a seleção de Marrocos, que obteve vitória mais discreta nesta segunda. Bateu a África do Sul por 1 a 0. Mbark Boussoufa balançou as redes nos acréscimos do segundo tempo para garantir ao Marrocos a primeira colocação do grupo e o aproveitamento de 100%, com três vitórias em três jogos disputados.

Outras seleções já classificadas para o mata-mata são o anfitrião Egito, Camarões e Madagascar, grande surpresa da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.