Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Manifestação popular pode adiar Colo Colo x Caracas

As autoridades de Santiago solicitaram um adiamento de 24 horas da partida entre Colo Colo e Caracas, da Venezuela, pelo Grupo 6 da Copa Libertadores da América, marcada para esta quinta-feira. No mesmo dia, comemora-se na capital chilena o "Dia do jovem combatente", em que costumeiramente há conflitos entre os manifestantes e a polícia.O "Dia do Jovem Combatente" foi estabelecido por grupos de esquerda para lembrar a morte dos irmãos Eduardo e Rafael Vergara Toledo, atingidos por tiros disparados pela Polícia quando participavam de um protesto contra a ditadura do general Augusto Pinochet, no dia 29 de março de 1985. Desde então, a data é marcada por confrontos entre policiais e grupos de esquerda na Villa Francia, local da morte dos dois irmãos, e em outras partes da periferia da capital chilena.Neste ano, as comemorações começaram nesta segunda-feira, e já foram registrados problemas em frente à Universidade de Santiago. O Colo Colo comunicou a situação à Conmebol, ao canal Fox Sports, detentor dos direitos de transmissão dos jogos da Libertadores, e aos dirigentes do Caracas, que chegará ainda nesta segunda a Santiago. A Conmebol e os dois clubes precisam chegar a um acordo para poder adiar a partida, que seria remarcada para sexta à noite.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.