Manifesto da oposição agita Palmeiras

Um grupo de conselheiros e associados do Palmeiras, do qual faz parte o ex-vice presidente de Futebol Seraphim Del Grande, intitulado Movimento União Verde e Branco, divulgou nesta segunda-feira um manifesto com várias críticas à diretoria do clube.O manifesto afirma que o Palmeiras não se preparou para o fim da co-gestão com a Parmalat "que sabíamos não seria eterna" e que o clube poderia ter formado um time competitivo e "com forte estrutura nas equiques de base", já que a Parmalat "suportava parcela representativa das despesas do departamento profissional e o Palmeiras ficava com a totalidade das receitas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.