Manipulação de partida da Série C será julgada no STJD

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acatou a denúncia do Campinense e irá julgar o caso que envolve uma suposta manipulação de resultados no jogo entre Fortaleza e CRB, que causou o rebaixamento do time paraibano da terceira para a quarta divisão do futebol brasileiro, no final de semana passado.

AE, Agência Estado

22 de setembro de 2011 | 21h27

A procuradoria já elaborou as denúncias referentes à partida. Além dos clubes, outros dois envolvidos na polêmica também serão julgados: Maisena, do CRB, e Carlinhos Bala, do Fortaleza. O caso será julgado na próxima terça-feira, dia 27 de setembro, às 17h, no Rio.

Se entender que houve manipulação do resultado, o STJD pode anular a partida. Quem também pode ser punido é o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca, que será julgado pelo artigo 266 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que pune quem: "Deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida ou fazê-lo de modo a impossibilitar ou dificultar a punição de infratores, deturpar os fatos ocorridos ou fazer constar fatos que não tenha presenciado"

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie CSTJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.