Mano admite decepção com derrota do Corinthians

Mano Menezes reconheceu a fraca atuação do Corinthians na noite desta quarta-feira, e dividiu a responsabilidade pelo tropeço com o atacante Ronaldo, vaiado pela torcida pela primeira vez desde que chegou ao clube.

AE, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 01h17

"O resultado foi péssimo. Era o momento de fazer um resultado positivo. Perdemos hoje muitas oportunidades, erramos na penúltima bola. Temos três rodadas e sabemos que chegamos ao limite de deixar escapar uma das vagas", reclamou o treinador, sem esconder a irritação com o revés. "A derrota não poderia ter acontecido".

O treinador elogiou a atitude de Ronaldo de assumir a culpa após a derrota. Mas preferiu dividir a responsabilidade. "Eu o admiro pela atitude, mas vamos compartilhar, por mais forte que ele seja", declarou. "Todos aqui são homens e têm de assumir os erros. Não esperávamos essa derrota, pois neste momento não podíamos perder".

Mano ainda desvinculou o resultado negativo desta noite com a campanha do time na Copa Libertadores. "É o sonho do torcedor, mas não dá para falar que o time perdeu ou jogou mal por causa disso", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.