Mano admite que já pensa no confronto contra o Vasco

Depois da vitória por 2 a 1 sobre o Barueri, pelo Campeonato Brasileiro, neste sábado, o Corinthians enfim admite que está com a cabeça voltada para o confronto desta quarta-feira, pela Copa do Brasil. O time do técnico Mano Menezes encara o Vasco, no Maracanã, pelo primeiro jogo das semifinais da competição.

AE, Agencia Estado

23 de maio de 2009 | 22h37

"É difícil manter o foco porque todos nós, em algum lugar do cérebro, estamos pensando no Vasco da Gama", admitiu Mano. "A concentração não é o maior problema. O maior problema é não ter tempo para treinar", completou.

Já no fim do jogo, o time tomou um gol originário de um escanteio - único fator que chegou a irritar o técnico corintiano. Mano espera corrigir o erro, apesar dos poucos dias de trabalho até o próximo jogo. "Tivemos um problema que foi a bola parada. Isso só se corrige com muito treinamento, o que é impossível hoje, mas vamos acertar alguma coisa", afirmou.

Para o duelo contra o Vasco, ele espera contar com a volta de seus principais jogadores. Na partida desse sábado no Pacaembu, Chicão, William, Cristian, André Santos e Ronaldo não puderam atuar, devido a lesões musculares.

O caso que mais preocupa a comissão técnica é mesmo o de Ronaldo. Na última quarta-feira, ele deixou o jogo contra o Fluminense reclamando de dores na panturrilha. Os demais desfalques, depois da folga, devem atuar normalmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.