Mano aprova Corinthians, mas deve mudar contra o Sertãozinho

Para conseguir mais uma vitória no campeonato, técnico deve optar por um esquema mais ofensivo nesta quarta

Vítor Marques, Jornal da Tarde

29 de janeiro de 2008 | 09h22

Embora tenha ficado satisfeito com o resultado do clássico de domingo, Mano Menezes estuda retomar a formação que venceu o Paulista, na semana passada, para a partida de quarta-feira contra o Sertãozinho, em Ribeirão Preto. Se contra um grande rival, o São Paulo, o técnico privilegiou a defesa, com a entrada de um terceiro zagueiro em campo, diante do modesto Sertãozinho, que não disputa nem a Série C do Brasileiro, o Corinthians vai buscar o ataque. "O que vou levar em consideração é que o São Paulo ataca mais que o Sertãozinho. Se enfrento um adversário que me ataca menos, preciso jogar mais no campo dele", afirmou o treinador corintiano. Essa deve ser a estratégia de Mano Menezes para a disputa do Campeonato Paulista: só expor o time diante dos pequenos do interior. "O Sertãozinho está no meio tabela, e joga no erro adversário." O técnico Mano Menezes comandará nesta terça-feira um treino na cidade de Cravinhos, município próximo de Ribeirão Preto, e só depois divulgará a escalação da equipe. A tendência é que Everton Ribeiro, um dos destaques da vitória contra o Paulista, entre novamente no meio-de-campo na vaga de Carlão, que jogou o clássico. "É uma possibilidade", disse Mano. "Apresentamos esse equilíbrio (defesa e ataque) contra o Paulista. Acho que as vezes nossos jogadores da frente estão muito distantes dos do meio-campo. Precisamos de mais aproximação", completa o treinador corintiano. Para o lateral André Santos, a entrada de Everton Ribeiro deixa o lado esquerdo corintiano com mais força. "Com ele, eu tenho mais facilidade para jogar. O Everton é canhoto, como eu, e traz a bola para o lado esquerdo", afirma o jogador, que marcou um gol contra o time de Jundiaí. Ele confirma a postura mais defensiva nos duelos contra os grandes. "Não subi muito. Era clássico e tinha de priorizar a marcação." BOM COMEÇOSobre as quatro rodadas iniciais, Mano Menezes traçou um balanço positivo do Corinthians. Disse que o time está rendendo dentro do esperado e lamentou a derrota para o São Caetano. "Deixamos escapar um jogo que não precisávamos. Mas já esperava dificuldades para montar a equipe", afirmou ele, que achou "justo" o empate no clássico. "Os números mostraram que houve equilíbrio de oportunidades, talvez mais claras para o nosso lado", disse ele. Mano Menezes também comentou sobre os lances polêmicos da arbitragem do jogo de domingo. "A subjetividade de cada um deve ser respeitada. Precisa ficar claro que o Corinthians fez um bom clássico", afirmou ele, descartando que o Corinthians tenha sido favorecido pelo juiz Sálvio Spínola.

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.