Arquivo/AE
Arquivo/AE

Mano aprova fato de Ronaldo ter forçado cartão amarelo

'Essas duas semanas que teremos serão muito importantes para dar mais preparo ao Ronaldo', alerta o técnico

AE, Agencia Estado

13 de outubro de 2009 | 15h46

O técnico Mano Menezes comentou nesta terça-feira o fato de o atacante Ronaldo ter forçado o terceiro cartão amarelo na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, no último sábado, no Pacaembu, para ficar fora do confronto do próximo domingo, contra o Sport, em Recife, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador afirmou que aprovou a atitude do jogador, que usou da artimanha para poder recuperar a sua melhor condição física.

Veja também:

linkMano ressalta volta do poder de marcação do Corinthians

linkCorinthians lançará Calçada da Fama para heróis de 77

linkRonaldo: Corinthians retomou o gosto da vitória

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

A suspensão fará Ronaldo ter duas semanas para conquistar o seu objetivo e retornar em boas condições no confronto com o Cruzeiro, no próximo dia 25, no Pacaembu. "Essas duas semanas que teremos serão muito importantes para dar mais preparo ao Ronaldo. Não queremos deixar para janeiro o que podemos e devemos fazer agora. É visível que depois dessa longa e necessária parada por conta da lesão (na mão), ele não voltou como estava lá atrás", afirmou o treinador, acrescentando que já conta com a presença do Fenômeno na próxima temporada.

"Se você já deixá-lo em uma condição boa, a chance de rendimento em alto nível no início da temporada será muito maior", ressaltou Mano Menezes, que também comentou o fato de o volante Túlio, do Grêmio, ter reclamado após Ronaldo pedir ao árbitro a punição com o cartão amarelo.

"Aprovei o cartão do Ronaldo. Sobre o Túlio não tem muito que falar. Parece que ele não sabe como é o futebol. Não é a primeira vez que um jogador pede cartão", ressaltou o técnico, que na semana passada admitiu que omitiu uma tendinite no joelho de Ronaldo como razão para ele não enfrentar o Fluminense, na última quarta-feira, no Maracanã. Antes do jogo, a comissão técnica alegou que ele não jogaria para melhorar a condição física.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.